Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Campus Carolina capacita indígenas com curso em Agroecologia
Início do conteúdo da página Notícias

Campus Carolina capacita indígenas com curso em Agroecologia

Oferta de curso FIC em Agroecologia a alunos indígenas ocorreu no primeiro semestre de 2021 e foi realizada de forma inédita pelo campus.
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 27/07/2021 18h08
  • última modificação 27/07/2021 18h11

O curso de extensão Auxiliar em Agroecologia do Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus Avançado Carolina, realizado durante o primeiro semestre de 2021, promoveu a discussão da temática da Agroecologia e da produção orgânica para estudantes de diversas regiões do país, incluindo alunos indígenas da Aldeia Jerusalém, Sítio Novo, Maranhão. O pioneirismo do campus, reconhecido junto à Pró-reitoria de Extensão (PROEXT),  representa o comprometimento do IFMA com uma educação inclusiva e diversificada. A atividade ofereceu conhecimento em Agroecologia para alunos indígenas, o que trouxe grande satisfação, tanto para a comunidade dos alunos matriculados, como para o campus que, pela primeira vez, atende alunos indígenas.

O curso foi oferecido em formato remoto, devido às restrições impostas pela pandemia de Covid-19, reunindo professores de diversas formações e professores convidados de universidades parceiras, como a UFG, a UFRR e a UFSM. Discentes de todo o país puderam participar, ainda, de uma palestra com o líder indígena Lourenço Krikati, que refletiu sobre o tema: A importância dos conhecimentos indígenas para a Agroecologia.

Foram abordadas diversas técnicas e tecnologias de produção de base sustentável, desde a produção vegetal à animal, passando pelas tecnologias para a promoção do aumento da biodiversidade, além da interação entre os organismos, das oficinas de ações educativas para a agricultura familiar, das políticas públicas para o setor, incluindo as compras governamentais, como o PAA e o PNAE, como também abordou-se os mecanismos de avaliação da conformidade orgânica e os diversos meios de acesso aos mercados de alimentos orgânicos. O curso teve o apoio das equipes do NEABI de Carolina e Imperatriz, com o atendimento específico para os alunos indígenas.

O objetivo do curso foi o de capacitar os (as) trabalhadores (as) rurais, estudantes da área de Ciências Agrárias, bem como a sociedade em geral, em Agroecologia e produção orgânica, apresentando e discutindo os seus fundamentos, bem como as tecnologias aplicadas e seu marco teórico e metodológico, consoante com o desenvolvimento rural sustentável.

O curso foi desenvolvido com o apoio do CNPq, através do projeto “Desenvolvimento Rural Sustentável e Agroecologia – promovendo a geração de renda, no município de Carolina-MA”, submetido ao Edital 21/2016 – CNPq, na Linha 1: Criação de Núcleo de Estudo em Agroecologia e Produção Orgânica (NEA) e aprovado no final de 2019, desenvolvido no Campus Avançado Carolina e coordenado pela professora Claudia Araujo Moreira.

registrado em:
Fim do conteúdo da página